r/portugal 2d ago

Megathread Conversa Cultural [Megathread] Conversa Cultural - 25/11/2022

5 Upvotes

Um tópico para discutir cultura: quer seja livros, história, exposições, museus, cinema ou outro tipo de arte.

Podem também usar o chat (discord) do /r/Portugal: https://discord.gg/h97C7gP

Tópicos anteriores.


r/portugal 6h ago

Humor / Funny Uma noite normal em Lisboa

Enable HLS to view with audio, or disable this notification

418 Upvotes

r/portugal 15h ago

Outros / Other Ilda e Fernando - Mercado Municipal de Almada

Enable HLS to view with audio, or disable this notification

1.1k Upvotes

r/portugal 19h ago

Outros / Other Exercício de alerta de tsunami em Belém

Enable HLS to view with audio, or disable this notification

376 Upvotes

r/portugal 17h ago

Política / Politics Portugal vai para a lista negra do Qatar

Thumbnail
sol.sapo.pt
215 Upvotes

r/portugal 5h ago

Economia / Economics Economy growth 2000-2022

Post image
16 Upvotes

r/portugal 15h ago

Sociedade / Society Presidente promulga diploma que descongela progressão salarial dos enfermeiros

Thumbnail
publico.pt
72 Upvotes

r/portugal 15h ago

Política / Politics Ana Cristina Chéu. Mais um caso de possível incompatibilidade no Governo

Thumbnail
rtp.pt
48 Upvotes

r/portugal 14h ago

Tradição / Folk Culture Questionando minha identidade

28 Upvotes

Sou filho de um imigrante português. Meu pai chegou na França nos anos 60 e me teve 20 anos depois ele já morava na França. Minha mãe é 100% francesa e não fala uma palavra de português. Morei toda a minha vida na França e também não falo português. Estou usando o Google Translator para escrever agora (desculpem os erros).

Com tudo isto vais dizer-me que não sou português e até há pouco teria concordado plenamente contigo. Como muitos franco-portugueses, durante a minha juventude passei algumas férias em Portugal, embora nunca tenha me atraído mais do que isso. Durante muito tempo, Portugal não me interessou. Era o país do meu pai e fiquei entediado quando passei algumas semanas lá. Principalmente porque eu não falava uma palavra de português e não queria me esforçar para aprender o idioma. Também deve ser dito que meu pai nunca quis que eu falasse essa língua. Ele estava mais interessado no fato de eu ser francês, de falar francês da melhor maneira possível, porque ele tinha medo de que eu não fosse integrado na França. Infelizmente, existe racismo na França. Apesar disso, na França, as pessoas sempre me perguntavam de onde eu era, se eu era árabe ou outra coisa. Porque sou um pouco típico e "Mediterrâneo". Quando respondi, fiz questão de dizer que tinha origens e não que era português. Uma forma de me distanciar de Portugal.

Por muito tempo, ignorei essas perguntas e as poucas piadas sobre clichês portugueses que existem na França. Para mim, eu era francês, falava francês, tinha cultura francesa e códigos franceses. Não queria estar ligado a Portugal. Há uns anos, o meu pai faleceu e senti então uma profunda saudade de Portugal. É óbvio que encontrei então uma espécie de vínculo que poderia me ligar ao meu pai. Então fiquei muito interessado em Portugal, tentei aprender a língua (mas, infelizmente, sou muito ruim em aprender línguas).

Ao me interessar por este país, do qual ainda conheço muito pouco, percebi que fui estúpido todos esses anos. Eu neguei totalmente uma parte de mim e da minha identidade porque queria parecer mais francês do que os próprios franceses. Hoje cheguei a um ponto em que sinto saudades de Portugal. Também percebi que alguns dos meus traços culturais e modo de pensar são na verdade portugueses sem perceber antes. É bobagem dizer porque sei que é um sentimento de nostalgia mas não consigo racionalizar. Até pensei em ir morar em Portugal por alguns anos mesmo não falando o idioma. Tenho uma boa situação na França e às vezes estou prestes a largar tudo para ir morar lá.

Mas sei que os portugueses nunca me verão como português, que me denegrirão porque falo francês e que por isso me classificarão como os idiotas que todos os verões voltam num grande carro alemão para se exibirem. É esse aspecto que sempre me repeliu quando eu era jovem. Nunca me senti pertencente a esse grupo que na França é chamado de "beaufs" (pessoa pouco culta, pobre e de pouco gosto).

Eu realmente não sei o que estou procurando aqui. Para dizer a verdade, tenho a impressão de estar sozinho no que vivo. Sou apenas meio português de sangue e ainda por cima não falo a língua, nunca morei aqui mas apesar disso, sinto cada vez mais que as pessoas também não me veem como um verdadeiro francês em França por causa da minha aparência física. Algo que sempre ignorei até agora, mas que acho cada vez mais difícil silenciar. Eu tenho uma espécie de crise de identidade, mas um pouco de uma coisa única. Não os legítimos dos emigrantes que viveram grande parte da sua vida em França ou dos descendentes de dois pais portugueses.

Aqui, espero que as pessoas possam me trazer respostas que me ajudem a colocar em outras palavras o que sinto.

Obrigado e desculpe se o texto não for compreensível (escrito em francês) e se verifiquei o rótulo errado.


r/portugal 10h ago

Discussão / Debate Habitantes de Caldas da Rainha

13 Upvotes

Alguém me explique por favor, em que raio de dimensão é que o restaurante Novo Milénio se encontra.

Foi de todas as experiências mais bizarras que tive num restaurante, desde 4 ilhas de comida e apenas 2 tinham, com a comida mais insípida que alguma vez provei, ao público literalmente composto de velhotes e também os empregados, e a música que parecia estar desacelerada e cheia de reverb.

Saí de lá a pensar que estive num filme do David Lynch


r/portugal 9h ago

Entretenimento & Artes / Media & Arts Opostos, Gustavo matano, 40x60, óleo sobre tela, 2022

Post image
10 Upvotes

r/portugal 13h ago

Discussão / Debate App Caixa Direta em baixo, bem como o site cgd.pt

19 Upvotes

Mais alguém está com o mesmo problema?

Edit: Quem estiver dependente da App ou do site para efectuar pagamentos urgentes é melhor ir ao Multibanco porque infelizmente a CGD não vai fazer nada para resolver o problema.


r/portugal 1d ago

Economia / Economics Brussels concerned over Portugal’s ‘overvalued’ house prices

Thumbnail
euractiv.com
205 Upvotes

r/portugal 20h ago

Desabafo / Rant 5 da tina, e um gajo acorda com esta merda

Enable HLS to view with audio, or disable this notification

60 Upvotes

r/portugal 11h ago

Ajuda / Help Proposta para ir viver para angola

9 Upvotes

Boa noite caros amigos do Reddit. É o seguinte. Uma colega do trabalho, convidou me para ir com ela para Angola ,onde lá ela tem mais oportunidades de ganhar a vida do que cá em Portugal. Estive a trabalhar com ela cerca de 3 meses , pelo que ainda não a conheço bem e não vou assim á maluca. Mas estou pensativo em relação á oferta.. O que devo fazer numa altura como está? Tenho 24 anos e começo a ver que Portugal afinal não me vai dar nada.. Qual a vossa opinião? ..


r/portugal 6h ago

Política / Politics Costa diz que está a trabalhar na renovação do Mecanismo Ibérico para fixar preço do gás

Thumbnail
sicnoticias.pt
3 Upvotes

r/portugal 3h ago

Sociedade / Society Portugueses usam cada vez mais o carro para chegarem ao trabalho

Thumbnail
rr.sapo.pt
2 Upvotes

r/portugal 19h ago

Entretenimento & Artes / Media & Arts Uma dieta equilibrada I- a porta vista vista ao detalhe

Thumbnail
gallery
39 Upvotes

Há uns anos encontrei uma porta de madeira nobre (não sei o nome) e comecei a conserva la. E depois comecei a contar histórias. Esta é uma delas.


r/portugal 3h ago

Política / Politics Marcelo nega estar cansado da Presidência e diz que “seria mau” encurtar mandato em contexto de crise

Thumbnail
jornaleconomico.pt
2 Upvotes

r/portugal 6h ago

Ajuda / Help Minhas colegas de casa podem me impedir de receber visitas no apartamento que dividimos?

3 Upvotes

Arrendo um quarto num T4 (sim, tenho contrato e recibos) com despesas incluídas no valor da renda. O mesmo imóvel é habitado por mais 3 colegas: A, B e C.

O nosso senhorio nunca falou nada no que toca a restrições de visitas, apenas disse que não devíamos fazer barulho e incomodar os vizinhos. — e com isto sempre cumprimos.

Como colegas de casa pouco íntimas, sempre perguntamos uns aos outros no nosso grupo de WhatsApp quando queremos receber alguém em casa.

Perguntei no nosso grupo se importavam-se de o meu namorado ficar aqui 4 noites e, no entanto, não recebi nenhuma resposta (mesmo que todos tenham visto a pergunta). Pior do que isto, a colega A pôs-se a falar de outro assunto no grupo sem responder à minha pergunta.

Voltei a perguntar no dia seguinte se estavam de acordo e, novamente, fiquei sem resposta. Tendo em vista que ninguém se manifestou para dizer que não e que eu não ia fazer uma festa em casa ou nada que pudesse ser inconveniente, tomei o tal silêncio como um “ok”.

Veio cá o meu namorado e, logo que eu fui sozinha à cozinha da casa, veio a colega B dizer que “nunca mais voltas a fazer o que fizeste agora”.

Fiquei um bocado constrangida e enfurecida com a tal “ordem” da minha colega de casa, pelo que estivemos alguns bons minutos a discutir a situação. Obviamente que expus o que sentia em relação a ausência de respostas, e ela por sua vez encheu o bolso de desculpas pra não me ter respondido no grupo.

Finda a discussão, a colega de casa A envia uma mensagem no grupo a dizer que “queria convocar uma reunião” para debater, entre outros assuntos, a “vinda de pessoas cá a casa”. Fiquei desconfortável com a abordagem, já que claramente estavam a falar de mim e a mesma simplesmente escolheu ser impessoal ao invés de ter respondido mais cedo a uma simples pergunta. E claro que logo veio a colega B (amiga da colega A) a dizer que “sim, talvez seja melhor reunir para falarmos melhor :)”.

Hoje as colegas A e B foram à casa e a colega A, que estava responsável pelas limpezas da semana, disse que “se eventualmente sujarem mais que o normal ou façam muito lixo agradeço que arrumem, pois convém que o espaço se mantenha o mais limpo possível até domingo à noite”, quando A e B regressam ao apartamento.

A colega C, que assim como eu também estava em casa, logo veio conversar comigo. A mesma disse achar tudo isto muito estranho e não concorda com a atitude das colegas. Também disse que, apesar de não me ter respondido, não se opunha visto que eu e meu namorado sempre estamos no meu quarto (até almoçamos e jantamos aqui pra não incomodarmos ninguém) e mantemos tudo limpo e organizado (mesmo no apartamento que morei anteriormente nunca houveram problemas com as visitas dele).

Sempre gosto de manter um bom ambiente, mas não me vejo como a “errada” nesta situação. Na verdade acho que estou a ser uma pessoa mais do que razoável tendo em vista a forma como querem “resolver” estes problemas.

O que acham que eu poderia/devia fazer?


r/portugal 8h ago

Ajuda / Help Ajuda para encontrar emprego PORTO

4 Upvotes

Há alguém aqui que more no Porto (distrito) e que esteja a trabalhar num sítio que precise de mais pessoal?? Já estou à algum tempo à procura de emprego e até agora não tive sorte, então tive a ideia de postar aqui para ver se encontro alguém que me possa ajudar. Só não quero trabalhar em restaurantes, cafés e nem em call centers, de resto, por mim tudo bem.


r/portugal 1d ago

Humor / Funny Vem mesmo a calhar para os dias frios...

Post image
537 Upvotes

r/portugal 13h ago

Ajuda / Help Que marca de café é que costumam beber? ( pó/ capsulas)

8 Upvotes

Boa tarde, comprei uma máquina de café de cápsulas e pó e gostava que me recomendassem algumas marcas. Tanto pode ser de cápsulas como de café em pó.


r/portugal 15h ago

Política / Politics Costa adverte para quatro anos duros e promete promover concórdia no país

Thumbnail
jornaldenegocios.pt
14 Upvotes

r/portugal 1d ago

Humor / Funny Portugal organiza uma festa e todas as cidades do país são convidadas. Como é que cada cidade se comporta?

282 Upvotes

Ideia copiada do /r/Belgium.


r/portugal 7h ago

Ajuda / Help Quero trabalhar em algo que não se relaciona com o meu curso. Ajuda/dicas?

2 Upvotes

Olá a todos!

Sou estudante no Porto e estou quase a terminar uma licenciatura na área do design, e esta é uma área que eu gosto. No entanto, o que eu realmente quero fazer (Ilustração/escrever livros) não é muito viável, especialmente na posição em que me encontro neste momento. Já sei que webdesign está a bombar (e tive cadeiras disto/estou a ter) e pessoalmente não quero seguir esta área.

Sendo assim, o meu objetivo depois de terminar o curso é procurar imediatamente emprego no Porto, ganhar independência e nos tempos livres elaborar o meu portfolio para seguir os meus sonhos.

Depois de muito pesquisar acerca de empregos, cheguei à conclusão que adoraria trabalhar em algo relacionado ou com pastelaria ou com aeroportos. No entanto, para isto, não sei por onde começar!

Para pastelaria, não tenho curso de pastelaria , mas quero mesmo muito aprender e é uma área que conheço bem e tenho muito gosto. Mas eles aceitariam a minha candidatura visto que não tenho curso? Seria a determinação/interesse um fator suficiente ?

Para o aeroporto, adoraria trabalhar em qualquer área relacionada com este, seja a parte técnica, ou assistente/check in, ou algo tipo ground force (?). Tenho um inglês bom, e safava-me bem com isto. (Não encontrei quase nada de vagas disto, só uma ou duas)...

Bem, dito isto, eu sinto-me um bocado "overwhelmed" com o mundo de trabalho, e não sei por onde começar, nem como. Se algum de vocês trabalha/trabalhou nessas áreas, ou conhece algo sobre estas: Pode dar-me alguma info, ou sítios onde procurar que sejam bons? Ou dicas, ideias, etc?

Fico mesmo agradecida se leram até aqui, e desejo-vos uma ótima noite.

TL;DR: Vou procurar emprego na área da pastelaria ou algo relacionado ao aeroporto, mas tenho curso de design. Algumas ideias de como fazer isso?